quinta-feira, 9 de junho de 2016

Dubai vai construir a maior usina de energia solar do mundo



Eles gostam de fazer as coisas bem grande em Dubai, e isso inclui um projeto recém-aprovado de usina de energia solar que vai gerar 1.000 megawatts de energia em 2020 – e até 5.000 megawatts em 2030.

A Dubai Electricity and Water Authority (DEWA) anunciou o lançamento do maior projeto de usina solar concentrada do mundo. Localizada em um único lugar dentro do Parque Solar Mohammed Bin Rashid Al Maktoum, a usina vai consistir em cinco instalações. A primeira fase do projeto deve ficar pronta entre o fim de 2020 e o começo de 2021, e deve gerar até 1.000 MW de energia. Até 2030, ela deve ter cinco vezes mais capacidade – o que deve ser o suficiente para aumentar em 25% a capacidade de produção de energia do emirado.

Em comparação, a usina Ivanpah na Califórnia, EUA, a maior do mundo atualmente, gera cerca de 392 MW de energia. A usina solar Ouarzazate, que deve ser inaugurada em 2020 no Marrocos, deve gerar 580 MW.


Imagem conceitual da nova usina. Via DEWA

Usinas de energia solar concentrada, diferentemente da energia solar captada a partir de células fotovoltaicas, usam um conjunto grande de espelhos (chamados helióstatos) para concentrar uma grande área de luz solar em uma área pequena, normalmente o topo de uma torre. A eletricidade é gerada quando a luz concentrada é convertida em calor, o que liga uma turbina a vapor conectada a um gerador de energia elétrica. Uma vantagem dessas instalações é que o calor termal pode ser armazenado facilmente, possibilitando continuar a produção de eletricidade mesmo depois do pôr-do-sol.

A usina de Dubai vai usar milhares de helióstatos localizados ao redor de uma torre. O fluído resultante de transferência de calor vai alimentar uma turbina a vapor para gerar eletricidade. Incrivelmente, a usina vai entregar energia a menos de 8 centavos por kilowatt-hora, enquanto normalmente custa 15 kilowatt-hora. Assim que estiver pronto, o parque solar deve reduzir em 6,5 milhões de toneladas a emissão de carbono a cada ano. Uma usina a carvão normalmente produz cerca de 3,5 milhões de toneladas de CO2 a cada ano.


A nova usina também vai captar energia solar com o uso de células fotovoltaicas. Imagem: DEWA

A nova usina faz parte de um projeto de Dubai de transformar a energia solar em principal fonte de energia do emirado até 2050. Vai começar com 7% em 2010, seguido de 25% em 2030 e 75% em 2050.

[Gulf Business, Renewal Economy]

Foto de topo: a usina Ivanpah, na Califórnia. Via J_R/Flickr

FONTE: GIZMODO BRASIL


←  ANTERIOR PROXIMA → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

HORA CERTA SITE UNIVERSO

Total de visualizações

Participem Fan Page Facebook

Seguidores

PUBLICIDADE

Tecnologia do Blogger.

Postagens mais visitadas

VISITANTE ONLINE