terça-feira, 12 de julho de 2016

O código fonte da Apollo 11 está disponível online e é cheio de piadas




A coisa mais surpreendente do código fonte do computador de orientação da Apollo 11 não é o tamanho dele, e sim a quantidade de piadas que os cientistas colocaram no meio dele.

O código dos módulos de comando e lunar estão disponíveis online desde 2003 (o pesquisador de tecnologia Ron Burkey transcreveu cada linha do código à mão a partir das transcrições originais), o código do computador de orientação foi postado no Github na semana passada. O antigo estagiário da NASA Chris Garry enviou os arquivos na quinta-feira (7) e eles se tornaram populares entre programadores e fãs do espaço que querem rir das piadas feitas pelos cientistas dos anos 1960.

Não são só piadas para programadores, no entanto. Uma delas diz BURN_BABY_BURN-MASTER-IGNITION_ROUTINE.s., que contém algumas notas de referência bem interessantes.



“Burn, Baby! Burn!” era um bordão usado pelo DJ de R&B Magnificent Montague quando ele botava para tocar as músicas mais quentes do momento. A frase também foi bastante repetida durante protestos em Los Angeles em 1965 causados pela morte de um negro de 21 anos por um policial da Califórnia.

Mais abaixo no código encontramos frases ditas por programadores educados e acolhedores:



Outros destaques incluem o arquivo PINBALL_GAME_BUTTONS_AND_LIGHTS.s (botões e luzes do jogo de pinball), usado para o sistema de teclado e visualização, e o comentário TRASHY LITTLE SUBROUTINES (pequenas subrotinas desprezíveis) em LUNAR_LANDING_GUIDANCE_EQUATIONS.s (algo coo equações guia para aterrissagem lunar).

Como dá para ver, o código fonte foi escrito no que parece ser Assembly. A NASA criou sua própria versão do Assembly, que é uma linguagem de programação de baixo nível e incrivelmente esotérica. Isso explicaria porque existem tantas páginas do código e porque a diretora de engenharia de software Margaret Hamilton parece que vai deixar tudo cair naquela foto famosa.

Claro, não seria a internet se as pessoas não tentassem continuar com a diversão e sugerir algumas adições. Um arquivo extra em potencial é o MATTDAMON.s, que nos permitiria salvar aquele pobre homem perdido em Marte.

[Boing Boing via Quartz]

Imagem: AP via NASA

FONTE: GIZMODO BRASIL


←  ANTERIOR PROXIMA → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

HORA CERTA SITE UNIVERSO

Total de visualizações

Participem Fan Page Facebook

Seguidores

PUBLICIDADE

Tecnologia do Blogger.

Postagens mais visitadas

VISITANTE ONLINE