sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Ovnis em partidas de futebol não é exclusividade do Brasil: (Itália) Há 62 anos, óvnis interromperam jogo da Fiorentina



Ilustração do fenômeno ovni num jornal italiano da época.

No dia 27 de outubro de 1954, um jogo de futebol entre as reservas da Fiorentina e o Pistoiese foi interrompido por um fenômeno nos céus de Florença que ainda hoje alimenta mitos e histórias no imaginário da Toscania.

Por Eduardo Santiago

O céu estava limpo sob o estádio Artemio Franchi enquanto a Fiorentina vencia os vizinhos do Pistoiese por 6-2 num jogo amigável. A formação "viola" estava a caminho de se tornar numa das equipes mais vitoriosas no futebol italiano durante a década de cinquenta, mas naquela tarde de outono os protagonistas deixaram de ser os jogadores quando no início da segunda parte (por volta das 14h20) uma série de objetos voadores não identificados sobrevoou o recinto desportivo para espanto geral das cerca de 10 mil pessoas presentes nas arquibancadas. O jogo esteve interrompido durante 10 minutos, e no final a história do jogo passou mesmo para segundo plano.

“Eu lembro-me de tudo, do início ao fim. Todos pararam de jogar para ver aquilo no céu. Era algo que parecia um ovo a mover-se devagar, devagar. Todos estavam a olhar para cima enquanto caía do céu uma substância com um brilho prateado. Ficamos espantados, nunca vi nada parecido depois. Estávamos absolutamente chocados a partir do momento que vimos aquilo", recordou Ardico Magnini, antigo internacional italiano que representou a Fiorentina em mais de 200 jogos.

Já do lado do Pistoiese, o antigo capitão Romolo Tuci acredita que houve efetivamente contato com extraterrestres nesse dia.

"Eu estava muito curioso e também muito, muito feliz. Nessa altura falávamos muito sobre alienígenas, sobre óvnis e nós tivemos essa experiência, nós vimo-los, diretamente, de verdade. Eu realmente acredito que eram seres de outra galáxia. Estávamos no estádio e vimos. Foi algo grandioso para se assistir”, recordou o antigo jogador italiano à imprensa italiana.

O caso foi investigado por um Comité de investigação que na altura chegou à conclusão de que os objetivos voadores não eram mais do que aviões militares em exercício. Já em relação à substância estranha que surgiu no céu após o avistamento, o fenômeno foi explicado com sendo produto de aranhas migratórias.

À parte de tudo isso, a Fiorentina viria a experimentar um dos seus períodos mais produtivos no futebol italiano nos anos posteriores ao avistamento de óvnis. Com Fulvio Bernardini, a equipe "viola" conquistaria o "scudetto" na época 1955/56, com 12 pontos de vantagem sobre o Milan, e um incrível registo de invencibilidade em 33 jogos seguidos. Nos anos seguintes, a Fiorentina foi uma das equipas mais temíveis em Itália tendo conquistado em 1961 a Taça de Itália e a primeira edição da Taça das Taças.

Da equipe "viola" que esteve em campo nesse célebre 27 de outubro de 1954, vários jogadores viriam a inscrever os seus nomes na história da Fiorentina nomeadamente Giuliano Sarti, Giuseppe Chiapella e Enrico Befan.

FONTE: http://desporto.sapo.pt/


←  ANTERIOR PROXIMA → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

HORA CERTA SITE UNIVERSO

Total de visualizações

Participem Fan Page Facebook

Seguidores

PUBLICIDADE

Tecnologia do Blogger.

Postagens mais visitadas

VISITANTE ONLINE