quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Morre Eugene Cernan, último homem a pisar na Lua



O ex-astronauta Gene Cernan morreu nesta segunda-feira (16), aos 82 anos. Último homem a pisar na Lua, Cernan tem um legado que perdurará, como um dos maiores exploradores da humanidade. Segundo a ABC News, o cosmonauta faleceu em um hospital em Houston, no Texas, após sofrer com problemas de saúde por algum tempo.

A NASA tweetou suas condolências na tarde desta segunda-feira, com a mensagem: “Lamentamos a morte do astronauta aposentado da NASA Gene Cernan, último homem a caminhar na Lua”.



Administrador da NASA, Charles Bolden também compartilhou uma nota sobre as contribuições de Cernan:

Como membro tripulante das missões 10 e 17 da Apollo, foi um dos dois homens a terem voado duas vezes à Lua. Comandou a Apollo 17 e estabeleceu recordes que irão durar por muito tempo, de maior voo de pouso lunar tripulado, maiores atividades extraveiculares na superfície lunar, maior retorno de amostra lunar e de maior tempo em órbita lunar.

As pegadas de Gene permanecem na Lua, e suas conquistas estão impressas em nossos corações e memórias. Seu desejo de explorar e fazer grandes coisas por esse país pode ser resumido em suas próprias palavras:

“Nós realmente estamos em uma época de desafios. Com eles, vem a oportunidade. O céu não é mais o limite. A palavra ‘impossível’ não pertence mais ao nosso vocabulário. Provamos que podemos fazer qualquer coisa que tivermos a determinação de fazer. O limite de nosso alcance é a nossa própria complacência.”

Cernan chegou à NASA vindo da Marinha, em outubro de 1963. Como piloto, registrou mais de 5.000 horas de voo e aterrissou em porta-aviões mais de 200 vezes. Foi selecionado no terceiro grupo de astronautas das NASA e estava servindo como piloto reserva da Gemini 9 quando a equipe principal morreu no acidente do NASA T-38A “901” em 28 de fevereiro de 1966. Após uma complicada mas bem-sucedida missão na Gemini 9, posteriormente voou na Apollo 10 e na Apollo 17. A natureza sem precedentes de sua carreira significou acumular numerosos recordes e muito pioneirismo, incluindo a maior velocidade já alcançada por um veículo tripulado (39.897 km/h) e o recorde não-oficial de velocidade de pouso lunar (18 km/h).

Após sua carreira na NASA, Cernan continuou como figura pública, autor, personalidade da TV e defensor das ciências. Embora seja o mais recente, esperamos que ele não seja o último homem a pisar na Lua. Tanto a Rússia quanto a China têm planos de enviar suas primeiras missões tripuladas à superfície lunar.

As últimas palavras ditas por um homem na Lua foram justamente de Cernan:

Bob, aqui é o Gene, e eu estou na superfície; e, enquanto dou o último passo de um homem na superfície, voltando para casa por algum tempo – mas acreditamos que não muito tempo no futuro –, apenas gostaria de dizer o que acredito que a história irá registrar: que o desafio de hoje dos Estados Unidos forjou o destino de amanhã do homem. E, saindo da Lua em Taurus-Littrow, saímos como chegamos e, que Deus queira, como devemos retornar, com paz e esperança para toda a humanidade. Boa sorte à tripulação da Apollo 17.



FONTE: GIZMODO BRASIL


←  ANTERIOR PROXIMA → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

HORA CERTA SITE UNIVERSO

Total de visualizações

Participem Fan Page Facebook

Seguidores

PUBLICIDADE

Tecnologia do Blogger.

Postagens mais visitadas

VISITANTE ONLINE